Saúde bucal no SUS é tema de conversa entre FMS e Universidades

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) está participando de rodas de conversa com estudantes de odontologia de faculdades da capital, em uma troca de informações e ideias sobre o serviço de saúde bucal na rede pública. A ação teve início com estudantes da Universidade Federal do Piauí seguido de reunião com alunos de faculdades privada na capital.

Segundo o gerente de Saúde Bucal da FMS, Giovanni Telmo, o objetivo é explicar o funcionamento do SUS na área de odontologia para os futuros profissionais. “Os estudantes têm curiosidade sobre a organização do serviço, sobre a complexidade que é organizar o processo de trabalho como um todo. Como é o serviço em gestão voltado para odontologia, o que é norteado sobre a Política Nacional de Saúde Bucal, quais as dificuldades encontradas no gerenciamento de um serviço odontológico, são alguns dos pontos que nós esclarecemos”, diz o gerente.

O resultado, segundo Giovanni Telmo, tem sido positivo. “São momentos muito construtivos em perspectiva de ideologia, e eu acredito que a sociedade como um todo ganha em conhecimento e esclarecimento”, comenta o gerente. “Serve inclusive para se compreender nas perspectivas individuais de cada um no que permeia um futuro como gestor, seja no setor público ou privado”, comenta o gerente.

Os encontros servem ainda para fomentar um diálogo entre as instituições de ensino e o SUS, de forma a direcionar o ensino para as demandas da população. “É importante ter debates como esse onde há o feedback de informação do que ocorre realmente na prática e, diante de uma realidade em que a demanda é altíssima, o município muitas vezes passa por vilão. Por isso, é importante esclarecer a realidade para nortear a prioridade no ensino”, finaliza Giovanni Telmo.

LEIA TAMBÉM