Projeto “Queremos Paz” chega à Escola Municipal Ofélio Leitão

O projeto propõe uma série de atividades que destacam a importância da construção de uma cultura de paz no ambiente escolar

Um projeto pela cultura da não-violência está percorrendo unidades de ensino da Rede Municipal de Teresina com bate-papo envolvendo alunos e equipes escolares. O “Queremos Paz” já passou pelas escolas municipais Mocambinho e Parque Piauí e agora acontece na E. M. Ofélio Leitão, bairro Porto Alegre.

A iniciativa é comandada pela Promotora Flávia Gomes, que atua no Centro de Apoio Operacional de Defesa da Educação e Cidadania do Ministério Público Estadual. O projeto propõe uma série de atividades que destacam a importância da construção de uma cultura de paz no ambiente escolar.

Na E.M. Ofélio Leitão, o primeiro momento foi de sensibilização da equipe escolar, desde a direção ao agente de portaria. A ideia é que todos trabalhem na construção de um ambiente propício para a paz, incluindo o alinhamento das práticas pedagógicas com o estímulo à reflexão sobre o assunto.

“É preciso quebrar o círculo do ódio”, disse a promotora Flávia. Segundo ela, “escola é o ambiente propício para que os alunos aprendam que a paz pode ser construída, pois eles estão imersos em uma cultura consumista e de violência”. Com os alunos, Flávia pretende apresentar histórias de grandes pacificadores do mundo e mostrar que a escola é um espaço de convivências pacíficas.

A coordenadora de meio ambiente da Secretaria Municipal de Educação (Semec), Audea Lima, está acompanhando as ações nas unidades de ensino. Para ela, os corredores e pátios devem se transformar em áreas de convivência propícias ao diálogo. “A cultura de paz depende de pequenas e grandes ações, como o diálogo em sala de aula, o acesso às informações sobre direitos e deveres, respeito às regras e a própria humanização dos espaços, como a implantação de áreas verdes. Tudo isso faz diferença na rotina escolar”, conclui.

LEIA TAMBÉM