Prefeito decreta Situação de Emergência em Teresina por falta de combustível

Créditos: Semcom

O prefeito de Teresina, Firmino Filho, decretou situação de emergência na cidade e criou um comitê de gerenciamento de crise em seu gabinete. Reunido com secretários municipais no final da tarde deste domingo, 27, o prefeito disse que está fazendo todos os esforços para garantir a manutenção dos serviços essenciais à população. Nenhum estará suspenso nesta segunda-feira.

A maior preocupação da Prefeitura é com o transporte público. Como amanhã só deve circular 50% da frota de ônibus, será permitida a circulação de transporte alternativo a partir da manhã desta segunda-feira. A Strans – Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito – estará cadastrando veículos particulares que possam fazer transporte remunerado de emergência. Os interessados devem se dirigir à Strans, na Avenida Pedro Freitas 1227, bairro Vermelha.

Pelo decreto, os outros serviços públicos essenciais que serão mantidos referem-se à Saúde, à Educação e à Coleta de Lixo.

O Comitê criado tem o objetivo de propor ou adotar medidas preventivas ou reparatórias, administrativas ou judiciais, para garantir a manutenção dos serviços públicos essenciais à população. “Também será realizado o monitoramento de toda a situação de abastecimento de combustível e de gêneros de primeira necessidade, e a realização dos serviços essenciais. Se for o  caso, vamos propor a adoção de medidas mais graves ou mesmo a revogação da situação de emergência”, explicou a procuradora do município, Geórgia Nunes.

LEIA TAMBÉM

DEIXE UM COMENTÁRIO