Pesquisa conclui que consumo de vídeos online entre brasileiros cresceu 135% de 2014 e 2018

Estudo realizado pela empresa Provokers indica que o consumo de vídeos online no Brasil aumentou 135% entre os anos de 2014 e 2018.

 

Conforme a pesquisa, em 2014 os brasileiros gastavam em média 8,1 horas semanais vendo vídeos na internet, enquanto em 2018 são 19 horas todas as semanas. No entanto, o tempo gasto assistindo TV passou de 21,9 horas para 24,8 horas nos últimos quatro anos, um crescimento de 13%.

 

Segundo 80% dos entrevistados, a preferência por vídeos na internet está relacionada à inexistência dos mesmos conteúdos na TV. Além disso, 47% dos brasileiros afirmaram buscar na internet programas que não conseguiram assistir na TV e 27% procuram aprofundamento de assuntos vistos em programas de TV.

 

A pesquisa revelou ainda que 44% dos entrevistados preferem assistir vídeos no YouTube e 75% dos participantes do estudo usam o smartphone como principal dispositivo para ver vídeos online, apesar do aumento das vendas de smart TVs no último ano.

 

A empresa entrevistou 200 pessoas com idades de 14 a 55 anos entre fevereiro e março de 2018, componentes das classes A, B e C, nas cidades de Recife, Porto Alegre, Rio de Janeiro e São Paulo. Foram consultadas também três mil pessoas da mesma faixa etária e classes das regiões Sul, Sudeste e Nordeste.

LEIA TAMBÉM