Operação Copyright derruba site de pirataria no Brasil

Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira a operação Copyright, com o objetivo de desmembrar um esquema de pirataria digital de músicas, filmes, séries e jogos. A ação não contou com prisões, mas acabou derrubando um site ilegal que, segundo estimativas, já gerou R$ 38 milhões de prejuízo para gravadoras de música.

A operação Copiright, que significa “direito autoral” em inglês, teve 11 mandados de busca e apreensção virtuais e nove físicos realizados em cinco estados brasileiros, nas cidades de Bauru (SP), Santa Teresa (ES), Curitiba (PR), Nova Iguaçu (RJ), Niterói (RJ) e São Simão (GO).

Segundo a Polícia Federal, a investigação começou em 2017 e foram apreendidos eletrônicos como computadores de mesa, notebooks e celulares, além de pendrives e CDs que auxiliavam no compartilhamento de conteúdos ilegais.

O site que foi derrubado é conhecido como Speedshare e trazia diversos conteúdos multimídia, incluindo filmes, séries e jogos piratas. Para ter acesso ao conteúdo, o usuário precisava fazer um registro e pagar uma taxa para receber links de donwload, onde o arquivo podia ser baixado via P2P (ponto a ponto).

Segundo um levantamento feito pela polícia, o endereço online contava com 70 mil usuários ativos e cerca de 140 mil usuários cadastrados, com a maioria deles sendo do Brasil. Após a operação, o domínio ilegal foi retirado do ar. Além do alvo maior, a operação também acabou derrubando outros sites menores de compartilhamento de arquivos piratas que seguiam o mesmo modelo de negócio.

Fonte: www.tecmundo.com.br

LEIA TAMBÉM