Em uma semana, Guarda Municipal apreende 40 celulares na Praça da Bandeira

Aparelhos estavam sem nota e suspeita é que tenham sido furtados. Vítimas podem ir até a SDU Centro/Norte

Nesta última semana do mês de agosto, a Guarda Civil Municipal de Teresina apreendeu cerca de 40 celulares na Praça da Bandeira, no centro da capital. Os produtos estavam sem nota fiscal e a suspeita é de que sejam oriundos de furtos. De acordo com o comando da Guarda, essas ações já acontecem rotineiramente, mas foram intensificadas entre os dias 27 e 31 de agosto.

“A Guarda Municipal reforça seu compromisso com a população de Teresina. Os celulares encontram-se na SDU Centro/Norte, caso alguém tenha sido vítima de furto ou roubo pode se dirigir ao local para verificar se seu aparelho foi recuperado. Vamos continuar os trabalhos para evitar a prática de furtos e, claro, o comércio ilegal desse produtos”, informa o Capitão Monteiro Silva, Comandante da Guarda Municipal.

A Superintendência de Desenvolvimento Urbano (SDU/Norte) está localizada na Rua Clodoaldo Freitas, 664, Centro. Para contato com a Guarda Municipal de Teresina, órgão vinculado à Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), a população pode ligar, gratuitamente, para o número 153.

Atualmente, a Guarda atua nas praças da Bandeira, Rio Branco, Fripisa e faz patrulhamento preventivo na Praça dos Skatistas. Além desses pontos, o órgão está presente nos parques Lagoas do Norte, Estação Cidadania e Encontro dos Rios; Centro Unificado de Esporte e Lazer (CEU) Sul e Norte e Complexo Esportivo José Ponce Filho (Parentão), e ainda no Centro Pop, Restaurante Popular de Teresina, Parque Floresta Fóssil e Corredores e Terminais de Integração do Itararé, do Parque Piauí e Bela Vista.

“Essa é mais uma ação que comprova a importância do trabalho da Guarda Civil Municipal dentro da política da construção de espaços públicos seguros. Assim, a presença da Guarda no centro, mais uma vez, produziu bons resultados”, comenta Samuel Silveira, secretário da Semcaspi.

LEIA TAMBÉM