Investimentos em segurança pública cresceram 12 vezes nos últimos quatro anos

O Governo do Estado vem investindo de forma sistemática no setor de Segurança Pública nos últimos quatro anos. Prova disso, é a evolução dos gastos na área, que subiu de R$ 18 por habitante em 2014, para R$ 218 em 2017. Compra de armamentos, equipamentos de segurança, viaturas, bem como a convocação de delgados, contribuíram para manter o Piauí entre os três estados da federação com menor índice de homicídios.

Em 2017, a Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP-PI) entregou 46 viaturas para 26 municípios do interior e delegacias especializadas da capital, como Greco, Polinter, Delegacia de Homicídios, Delegacia do Silêncio, Núcleo de Inteligência, IML e Gerência de Policiamento do Interior.

Da mesma forma, foram adquiridas 760 novas pistolas, 12 espingardas calibre 12, 10 fuzis 556 e 12 metralhadoras, além de 180 mil cartuchos para a Polícia Civil. Também foram adquiridas 180 mil munições de diversos calibres e 451 coletes balísticos, configurando a maior compra de armas da história do Piauí, com R$ 2,1 milhões aplicados.

LEIA TAMBÉM