Corregedores-gerais da Justiça da região do MATOPIBA discutem regularização fundiária no Piaui

Os corregedores-gerais da justiça dos estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia – fizeram, nesta quinta-feira, 6, a primeira reunião do Fórum Fundiário dos Corregedores-gerais da região MATOPIBA. O evento foi aberto às nove horas da manhã no auditório do Tribunal do Júri do Fórum Cível e Criminal da comarca de Teresina, com a presença do governador Wellington Dias, que explica a importância de se resolver o problema de terras no estado.

O corregedor geral da justiça do Piauí, Ricardo Gentil Eulálio, diz que a regularização dá segurança ao proprietário da terra e anuncia a criação de um novo marco regulatório para ajudar no trabalho.

O presidente da Associação Piauiense dos Municípios, Gil Carlos Modesto, acredita que 90 por cento dos municípios piauienses tenham problemas com regularização de terras, por isso, a necessidade de resolver o problema para facilitar investimentos no agronegócio e na agricultura familiar.

O corregedor geral da justiça do Maranhão, Marcelo Carvalho e Silva, destaca a importância do judiciário estar perto povo, para resolver os problemas.

MATOPIBA é a região dos Cerrados dos estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia, atualmente, considerada a grande fronteira agrícola nacional. A Corregedoria Geral da Justiça do Estado do Piauí foi primeira no âmbito do Judiciário brasileiro a instalar o Núcleo de Regularização Fundiária.

Por Wilma Rocha

LEIA TAMBÉM